sexta-feira, 15 de março de 2013

Memórias da 1a. edição (1 de 3)

Nova edição na gráfica!
Publicar meu primeiro livro era um sonho muito grande e ainda me lembro de abrir o pacote que trazia este Meninas inventadas. A maior alegria em anos. Para sempre, uma das maiores alegrias. 

O projeto gráfico foi da Ilana Braia e os desenhos, de Bruno Maron. Eu amei... As cores na capa, os gestos desenhados, o batom, a bola e o espelho... O título dançava pra mim e meu nome brilhava. Para sempre, uma das maiores alegrias!
Um ano depois chegou a etiqueta que, como disse a querida Hanna Melo, é o tipo do detalhe que faz toda diferença: "finalista do Prêmio Jabuti 2007". Eram finalistas comigo, na categoria juvenil: Bartolomeu Campos de Queirós, Lygia Bojunga, Manoel de Barros e Moacyr Scliar. 

Obrigada à turma que trabalhou na realização deste grande sonho: Andrea Marques, Bruno Maron, Cristina Portela, Elio Demier, Gabi Back e, especialmente, Ilana Braia. Por  fim, compartilho meu carinho por esta menina de bruços na contracapa do volume. Não é linda?

4 comentários:

  1. Que lindo! Também tive a mesma emoção ao publicar o meu livro. É um momento mágico a hora que o abrimos pela primeira vez.
    Parabéns! Um beijo grande
    Valeria Rezende da Silva

    ResponderExcluir
  2. Lindo... lindo...

    Espero um dia passar pela mesma emoção ;)

    Beijos =)

    ResponderExcluir
  3. Finalista ao lado de Manoel de Barros, de Bartolomeu Campos Queirós, da Lygia Bojunga, do Scliar? Uau! Só de imaginar isso eu me sinto compartilhar da sua alegria. Qualquer um ficaria eufórico. Quero conhecer seu trabalho. E, claro, vou ficar torcendo por vc. Sucesso.
    Ione Mattos

    ResponderExcluir
  4. Linda mesmo, Ana!! A ilustração, a emoção de sentir seu livro, de ver o título dançar, seu nome brilhar, suas meninas ganharem o mundo. Inventadas? Captadas pelo olhar? Fiquei curiosa pra conhecer suas primeiras "moradoras", na casa que, agora, você fez pra gente morar.
    Grande beijo, com carinho,
    Rachel

    ResponderExcluir

É mais fácil entrar como "Anônimo" e assinar abaixo do comentário. Obrigada!